domingo, 31 de maio de 2009

O polpetone do Jardim de Napoli

Esse é mais um dos posts que eu guardei na cabeça pra postar mas acabei me esquecendo... Mas uns meses atrás uma amiga minha de Uberaba veio passear aqui em São Paulo no final de semana e me convidou para almoçar com a família dela no Jardim de Napoli.
Adorei o convite porque já tinha lido sobre lá no Destemperados!
O Jardim de Napoli é mais um entre os vários tradicionais e antigos restaurantes italianos da cidade... Muito famoso pelo polpetone!
A casa é pequena, as mesas são bem próximas, apertadas e disputadas! Cheguei cedo e eles já tinham reserva mas o salão estava cheio e quando fomos embora, quase 14h tinha uma fila gigantesca lá fora!
O atendimento é ótimo, me impressionou como os garçons dão conta de tanta gente, se bem que o ritmo lá é outro! Pelo que pude entender praticamente todos os garçons tem por volta de 10 anos de casa!
Atenção! Os pratos são grandes, dá pra dividir metade-metade, vem em pratos separados e a porção é bem servida!
O couvert é delicioso, não deixe de pedir também!
E o polpetone, é um senhor polpetone! Delicioso, feito de alcatra e filé, recheado de mussarela e com uma casquinha muito crocante por fora!
E um bônus, o vallet é gratuito!

Outro lugar que eu conheci, pra comemorar meu aniversário foi o restaurante Passaparola, do Alessandro Segato. O restaurante tem uma arquitetura liiiinda, super agradável e confortável. O couvert tem um pão novinho, fofo e quente com várias pastas de acompanhamento! Manteiga, patê de rúcula, patês salmão, de queijo, sardela e patê de frango com mel.
Também tem sucos diferentes como o de maçã verde com água de coco; morango, uva itália e cacau; damasco, água de côco, mamão e mel; limão cenoura e couve.
No cardápio não faltam carnes e massas. Mas ainda há opções de pratos lights e vegetarianos como o hamburguer de lentilha com tofu marinado no alho.
apesar das boas opções e do bom cardápio, os pratos deixaram um pouco a desejar! As massas são muito bem feitas, cortadas em formas de flor, a parte de cima branca a de baixo colorida... Mas os recheios são muito, MUITO, fortes. Principalmente o prato do dia do chef, que era recheado de queijo brie, e o brie já devia estar um pouco passado por que estava com aquele gosto beeeeeem forte!
As sobremesas também desapontaram, salvando apenas o mil folhas de frutas vermelhas e o brigadeiro de colher.
Conta salgada para pratos que desapontaram um pouco... Na saída o salão só tinha outras 3 mesas, e no vizinho Seraphine tinha fila pra entrar...

E semana passada eu dei uma conferida num lugar que sempre tive vontade de conhecer de tanto ouvir o Katsuki falar! É o Viandier Casa de Gastronomia!
É uma casa que reúne um pouco de tudo! Aulas de culinária e cursos diversos, empório de vinhos, ingredientes e utensílios, livros, e algumas mesinhas que dão um ar de bistrô charmoso e combinam muito bem com o pequeno jardim que separa o salão da cozinha.
O cardápio é enxuto mas encanta. Serve almoço, com cardápio especial para cada dia da semana. Me interessou mais quarta e quinta feira! Ainda tem lanches, saladas, docinhos e bem casados! A casa é um charme só!

Eu acabei comendo um lanche e amei! Um filé com finas fatias de abacaxi grelhado com mel e chutney de ameixa no pão de baguete! O couvert tinha vários pães quentinhos, manteiga e abobrinha e beringela marinada. O atendimento é ótimo, todo mundo simpático e sorridente. Só não gostei muito do bem casado, que achei um pouco secão.
Segundo Katsuki, Le Viandier foi a primeira obra de referência gastronômica mundial, escrita por Guillaume Tirel por volta de 1380, a pedido do Rei Carlos V da França. Do latin vivenda, "viandier" significa "o provedor de alimentos".


Jardim de Napoli
Rua Dr. Martinico Prado, 463 Higienópolis
Fone: (11) 3666.3022

Passaparola
Rua Jacques Félix , 239 Vila Nova Conceição
Fone: (11) 3044-4949


Viandier
Al. Lorena, 558, Jd. Paulista
Fone: (11) 3057-2987

3 comentários:

Taciana disse...

Vc comeu brie?????? NOH! Noh, noh, noh, noh, nooooooooooh!

Marina Sabino disse...

Foi o prato do meu avô Taciana!!!!!!!!!!!!!!!

Johnny na Babilônia disse...

O Jd. de Napoli é ótimo! O único porém é que nao aceita VISA. Na primeira vez que fui lá paguei mico...