domingo, 17 de fevereiro de 2008

Um Museu de Novidades

Algumas pessoas se sentem bem praticando esportes, saindo para festas, lendo ou simplesmente ficando sozinhas...EU me sinto bem quando como uma boa comida. Foi em busca desse prazer que me rendi á uma reserva no Museum Dining Art. Uma mistura de restaurante, com bar badalado... O ambiente assinado pelo arquiteto João Armentano surpreende na decoração sofisticada, elevador panorâmico, cortinas imensas e uma tela gigantesca de Marlyn Monroe criando todo o clima.
No salão você encontra mesas e camas (ideal para grupos de amigos que querem apenas beber e se divertir)...
Mas para alguns o melhor atrativo do restaurante não é a carta de drinks, nem a comida, e sim a música. Reduto da elite paulistana, o Museum é famoso pelo som, que depois da meia noite toca alto e agitado, em clima de balada, propício para aqueles que preferem ficar em pé ao redor do bar ou nas camas do salão. Já foi o lugar escolhido para a festa de aniversário do famoso DJ Tiesto, já abrigou festas particulares como o Leilão Luciano Hulck, a festa da Moet & Chandon e Jack Daniels...
Com minha reserva válida até as 21:30, cheguei cedo, ás 21:00. A lista de reservas nem havia sido impressa ainda, mas o atendimento começou ótimo. Fui instalada com meu acompanhante numa mesa redonda e um sofá para a espera da lista, e assim que a lista chegou fui informada que meu lugar era ali mesmo. (No sofá de espera???) Ainda vi duas amigas, que chegaram por volta das 22:30, sentaram-se no sofá de espera ao lado e sem reservas conseguiram uma mesa no salão em menos de 15 minutos... Fiquei p*** da vida... Mas aquilo tudo caiu em esquecimento com o agradável papo do meu acompanhante quase favorito, e claro, meus drinks. Comecei com um Malibu Bay Breeze (uma deliciosa mistura de malibu, cranberry, suco de abacaxi e vodka)... Simplesmente delicioso. Depois tomei o exótico Joule (vodka, lichia e Monin Mandarin). Se pudesse e meu dinheiro desse, ainda me renderia á outras tentadoras opções como o Tanqueray Ten (gim tanqueray, grapefruit, laranja lima e ervas selecionadas), ou o Johnnie Walker Red Mix (maracujá, hortelã, frutas vermelhas, lima da pérsia e whisky 8 anos red label)... Eu não deveria impressionar-me mas isso se tornou quase inevitável quando meu acompanhante pediu um suco de laranja com gelo...(???????????) Para acompanhar os drinks, comemos de entrada um delicioso mini hambúrguer de cordeiro ao molho de mostarda.
Chegando à hora do prato principal, difícil de escolher entre a cozinha japonesa do chef Aneílton Barbosa, e os pratos da cozinha contemporânea... Acabei optando pelo intrigante menu degustação japonês, criado especialmente para um festival de iguarias que vai até o dia 22 de setembro... Provei pratos raros como o 'Shiso no mi Kurague' (água-viva com shiso), o 'Karashi Mentai' (Ovas de bacalhau em pasta enroladas no Dyo de pepino) – não sou muito fã de ovas - e o 'Shrirauo Sakura' (filhote de enguia temperado com flor e folhas de cerejeira e alga marinha), entre outros. Meu acompanhante, em dúvida entre o Filé ao Chimichurri com batata assada e Fricasse de champignons e o Spaghetti com Lagostins e Tomate Cereja ao perfume de Manjericão, acabou se rendendo á minha sugestão de Camarões Flambados com Purê de Inhame e Manteiga de Trufas, pesando que nenhuns de nós sabiam o que viria a ser um filé ao Chimichurri. Depois descobri que Chimichurri é um condimento de origem argentina comumente servido com grelhados! Para fechar com chave de ouro o jantar, meu acompanhante novamente me surpreendeu pedindo um petit gateau de chocolate, e eu surpreendentemente não me satisfiz com o terrine de cappucino com avelã e amareto, não tão gostoso quanto Marcelo Katsuki descreveu em seu blog.
Acabamos deixando o Museum por volta das 11 horas... Bem na hora em que o salão começava a encher de pessoas em pé, e a música começava a soar mais alta e animada. Afinal, eram apenas 11 horas da noite de sábado, não é...
Só me resta deixar aqui, um convite, para quem quiser me acompanhar em algum próximo sábado, em uma noite no Museum...
P.S: Esse artigo foi escrito em Setembro de 2007, quando conheci o lugar. Hoje o Museum está temporariamente fechado para reforma e voltará a partir do dia 01 de Março!

bjs

Museum Dining Art (Rua James Joule, 65, Brooklin) São Paulo tel.(11)5507-3650

Nenhum comentário: